JobDriven

Fábrica de Software

NOME DO PROJETO: JOBDRIVEN

Aplicação online em forma de base de dados funcionando como aplicativo que serve como repositório de informação e permite efetuar assessments e/ou como aplicação a ser disponibilizada por licença ou instalação local, adaptável a outros sistemas tais como SAGE, Primavera, SAP, etc.

CARACTERIZAÇÃO SUMÁRIA DO PROJETO:

O Modelo de Avaliação de Funções constitui um suporte à política retributiva (salarial) das organizações e também um suporte ao desenho da estrutura organizacional (organograma), no sentido do desenvolvimento do talento e dos processos de gestão de desempenho, utilizando a metodologia de avaliação de funções para a análise e comparação da retribuição, fazendo a análise do trabalho.

No sentido de promover uma utilização desta metodologia de forma mais ativa e fácil, surge a necessidade da criação de uma oferta integrada que, assentando numa metodologia de Avaliação de Funções já existente, possibilita a interligação das funções com as pessoas, das estruturas organizacionais com a retribuição e desta com os desempenhos.

A ferramenta permite analisar as seguintes questões críticas:

Analisar o como, o quê e as razões da existência de cada uma das funções na organização;

Analisar o nível de enquadramento do modelo operativo da estrutura com a estratégia definida para o seu negócio;

Análise da adequação dos titulares face às exigências e ao conteúdo das funções;

Estabelece o real valor de cada função no contexto da sua organização e do mercado de comparação.

Na medida em que se pretende estabelecer uma comparação do posicionamento de diferentes categorias profissionais na grelha salarial, importa selecionar a metodologia adequada que permita elencar as dimensões dos conteúdos funcionais de postos de trabalho distintos e averiguar o seu valor. O método da avaliação dos postos de trabalho é assumido como o mais indicado para a medição das características dos postos de trabalho com o objetivo de determinar o seu valor relativo. Existem dois tipos de métodos de avaliação: os globais (de classificação) que comparam os postos de trabalho e classificam-nos a partir da importância dos requisitos para os ocupar; e os analíticos (por pontos e fatores) que estudam todas as exigências dos postos de trabalho, avaliando-as e comparando-as a partir de critérios comuns, concisos e detalhados.

O método de avaliação por pontos, apesar de complexo, é um dos mais utilizados e divulgados permitindo uma análise mais aprofundada e completa dos postos de trabalho. Este método de avaliação é o mais adequado para apurar a equidade de salários para funções de igual valor: “a avaliação das funções é um método que permite ordenar por ordem de importância as funções no seio de uma organização de trabalho e que o que cumpre avaliar é a função e não a pessoa”. Assim, os sistemas de avaliação das funções devem basear-se em critérios objetivos, isto é, nas tarefas inerentes às ocupações e não nas características dos trabalhadores.

O método de avaliação por pontos pressupõe a decomposição de cada posto de trabalho em fatores críticos a partir dos quais é possível estabelecer uma medição e comparação de diferentes postos de trabalho de modo a atribuir o seu justo valor. Os fatores são entendidos como critérios que permitem abranger as exigências de postos de trabalho distintos e são 7 fatores.

Por sua vez, cada fator divide-se em subfactores de modo a obter informações exaustivas e detalhadas sobre os postos de trabalho. A seleção dos subfactores deve ser adequada ao setor de atividade em análise respeitando algumas condições essenciais.

A FERRAMENTA:

Trata-se de uma ferramenta online para ajudar as organizações a aceder à informação necessária sobre o processo de avaliação de funções em tempo real, onde estarão também depositados os descritivos de funções.

Uma ferramenta que funciona em rede desenhada para oferecer um apoio exaustivo durante todo o processo de descrição e avaliação de funções. Desde a criação da informação/descrição das funções, até à geração de relatórios a partir da extensa base de dados, oferecendo um manuseamento fácil da informação que necessita.

Trata-se de um sistema que otimiza a eficiência do processo de avaliação de funções, eliminando a duplicação de dados e ficheiros e os procedimentos manuais e aumentando a qualidade e consistência da informação depositada numa comum base de dados. Permite a utilizadores autorizados consultarem toda a informação sobre descrição e avaliação de funções, nomeadamente:

Informação e produção de relatórios sobre conteúdos funcionais

Visualização em ecrã do mapeamento das funções, com base em guide charts ou outras metodologias relevantes

Manutenção e revisão da base de dados de avaliação de funções

Processo ágil e faseado de aprovação dos dados introduzidos durante o processo de avaliação de funções de dados (através de notificações por email)

Preparação de um vasto conjunto de relatórios a partir da base de dados

A capacidade de exportar dados para outras aplicações de processamento e análise salarial ou de análise organizacional.

Esta ferramenta é capaz de aceitar uploads de informação sobre os descritivos já existentes nas organizações.

CLIENTE: Beyourself, Lda / Softingal